Seguir @projetozanzar

Um iPhone 4S a percorrer as ruas de São Paulo durante 30 dias através do olhar e criatividade de pessoas diferentes, gravando vídeos, fazendo fotos e textos.

zanzando...
Zanzar
Projeto Zanzar

a primeira rodada do Zanzar chegou ao fim. mas a próxima já está no forno!! mais...
sábado domingo
segunda terça quarta quinta sexta Filipe Yung
01
James Ventura
02
William_Baglione
03
Ricardo Ferreira
04
Luiz Fernando Abreu
05
Luisa Micheletti
06
07
08
Helena
09
Hugo Frasa
10
Laura Taylor
11
Gregorio Romero
12
Tibira
13
14
15
Facundo Guerra
16
Felipe Rodrigues
17
Renan Fagundes
18
Renan Fagundes
19
DJ Thomas
20
21
paola_giavina
22
pablo_saborido
23
?
24
augusto_mariotti
25
ana_bean
26
Paula_Reboredo
27
Margo
28
francielle_zequim
29
last_waltz_setember
30
acompanhe o que acontece enquanto estamos a zanzar nas redes socais! Toda Noite o celular passa para uma nova Pessoa!


FECHAR JANELA
Filipe Yung Entre os pinceis largos e a tinta, Felipe Yung cultiva raízes, pensa em texturas orgânicas de um jeito singular e traz para o papel imagens com formas únicas com influência de incansáveis pesquisas da cultura asiática. Sua história começa no bairro da Vila Mariana em São Paulo e vai até Moscou. Pinturas e sprays que transcendem os modismos e contam a história do graffitti brasileiro.

Seu trabalho passeia por diversos mundos. Flip se esforça pela convivência pacífica de certas oposições como o figurativo e abstracionismo. Numa atitude contemporânea ele conjuga o figurativo com a abstração, como suas árvores pintadas que vistas mais de perto não são mais a figura árvore e sim traços abstratos, camuflagens.

É também na chave da vida e morte que o artista trabalha a questão do pop em suas figuras, seres sólidos com alto teor de popismo que em sua estranheza demonstram uma fragilidade indiscritível, muitas vezes nos fazendo pensar que se saíssem das paredes que foram desenhados não teriam muito tempo de vida. Nada mais vivo e instantâneo que o pop e a cultura de consumo, mas também nada mais fugaz.

Desde 2006 integra a Famiglia Baglione, fez exposições e trabalhos em São Paulo, Florianópolis, Porto Alegre, Brighton, Londres, Madrid, Barcelona, Paris, Los Angeles. Também participou de feiras de arte em Miami (Art Basel), representou o Brasil em Moscou a convite da Embaixada brasileira, realizou um site-specific e live paint no São Paulo Fashion Week 2010, cenografia do Acústico, Tour e projeto gráfico do álbum “Meu Samba é Assim” de Marcelo D2, pintura de um mural de 15 m. na Eastpak SP, exposição de arte e pintura da fachada da Vila DASLU e pintura do restaurante da rede SUSHISAMBA, em Las Vegas.

Ir para o facebook do Felipe Young » FECHAR JANELA
FECHAR JANELA
Filipe Yung Jamés Ventura é a nova face do rap brasileiro.

Testemunha do início da cultura hip-hop em SP, rimar sempre foi algo natural, começando com menos de doze anos de idade. O seu irmão mais velho era amigo dos MCs do Facção Central e foram suas primeiras referências, e o DJ do bairro - DJ Mengele - por falta de espaço em sua residência, guardava na casa do Jamés os discos que usava nas festas da quebrada. Estava não apenas exposto ao contexto, mas respirando o rap em todos os lugares que andava.

Ser MC foi o objetivo e o sonho de sua vida inteira. Na adolescência, batalhava nas ruas, criava musicas com os amigos, improvisando como podia com os recursos que tinha a mão. Rimou com beatbox, gravou no toca-fitas, foi na São Bento com a Style Crew. Via grupos no bairro e os considerava heróis. No meio tempo se envolveu com grafitti, e deixou sua marca nas ruas junto com crews clássicas. Trilhou cada passo do roteiro original da cultura de rua paulistana.

A vontade de fazer era maior que as dificuldades.

Mais tarde, conheceu o rapper Paulo Napoli, que o incentivou a fortalecer seu talento, dando oportunidade, chamando para fortalecer no show do Nitro junto com DJ Nuts. Sempre em busca da sua evolucao, gravou sem parar sozinho e com parceiros, tendo sua primeira aparição profissional no disco Raps de Verão ll.

Mais tarde, estreitou os laços com os MCs Ogi e Rick Fuentes, iniciando uma parceria de sucesso e diversos shows, no coletivo Marreta Records.

Em seu primeiro videoclipe, na musica “O Rap e Fato”, fez história apresentando um trabalho primoroso e inovador, recebendo críticas extremamente positivas, em execução atualmente na MTV.

Acumula shows desde então no underground paulista.

Lançou em 2011 os singles “Fogo” e “1Bamba”. Trabalha no EP “Por Ventura” que será lançado ainda nesse ano.

Produzindo sem parar, trabalha em seus próximos três videoclipes.

Fruto de uma geração inteira de cultura de rua, confira o trabalho do poeta tonelada.

Ir para o facebook do Jémes Ventura » FECHAR JANELA
FECHAR JANELA
William_Baglione William Baglione

William Baglione é um daqueles tipos raros de pessoa que você encontra zanzando por aí e em poucos segundos de conversa você fica super curioso para descobrir mais sobre sua história.

Ele tem 36 anos, nasceu no município de São Caetano do Sul e passou grande parte da sua vida no bairro Parque São Lucas, Zona Leste de São Paulo, onde cresceu acompanhando desde turmas de baloeiros e de pinturas nas ruas em época de copa do mundo, até o início do graffiti e da pixação.

Trabalhou por quase 10 anos em instituições financeiras de médio e grande porte até pedir as contas em 2001 com o intuito de ir a Austrália estudar inglês, oceanografia e casar. Não casou e, pra nossa sorte, voltou ao Brasil. A partir daí William explorou diversas atividades: fez limpeza de trilhas na mata atlântica, escreveu fanzines, fez poesias marginais em muros que seriam demolidos e teve uma banda punk.

Em 2005 idealizou e fundou a Famiglia Baglione, um coletivo de artistas com ação global que percorreu milhares de quilômetros pelo mundo desenvolvendo exposições de arte, projetos outdoor e trabalhos comissionados.

Em 2012 a Famiglia Baglione deixou de existir para dar vida a um novo projeto idealizado e fundado pelo artista: o SUC. A sigla SUC refere-se a "Society Under Construction", um potente mecanismo de gestão criativa que une idéias e artistas de diferentes escolas ao redor do mundo.

Agora o William está fazendo essa ilustre participação no Projeto Zanzar! Estamos mega empolgados pra ver o que ele vai compartilhar.

FECHAR JANELA
FECHAR JANELA
Ricardo Ferreira RICARDO FERREIRA, o KAUR VLOK!

NASCIDO EM 29/09/1980 no lendario bairro da MOOCA SAO PAULO . Em atividade desde 1998, Kaur é reconhecido atualmente como um dos principais grafiteiros do Brasil.

Com mais de três mil pieces em diversas cidades do Brasil e do mundo, se tornou notório pela especialização em portas de aço. Integrante de equipes clássicas do grafitti em parceria com artistas como OsGêmeos, Nunca, Finok e Koyo, sua força de vontade parece não ter limites.

Porém, sua arte não se restringe a muros.
Além de seu trabalho como designer – atividade na qual atingiu o ápice no território nacional – há um bom tempo vem se especializando em telas, retratando o que filtra da vida na metrópole.
Mas seu universo interior não são flores.
A mente desse autodidata revela um lado sombrio, obtido pela infância difícil, sem apoio, sem recursos, conquistando sozinho seus objetivos e matando vários leões a cada dia.
Nunca conseguiu amenizar a revolta que sente na cidade cinza. Da frieza do concreto e na insistência do sistema em transformar pessoas em engrenagens apáticas.
Em suas introspecções, muitas vezes lisérgicas, enxerga o crescimento da cidade como uma máquina incessante que cria volumes sólidos desenfreadamente, visando nada além do lucro.
Sua resposta a esse mundo é retratada em suas telas.

Sólidos tridimensionais que representam as construções que rasgam o horizonte e impedem olhar além. E a explosão de cores que denota que por mais que o sistema insista em criar servos obedientes, ainda existem pessoas que se recusam a afundar na escuridão e no cinza sem lutar.

FECHAR JANELA
FECHAR JANELA
Luiz Fernando Abreu LUIZ FERNANDO ABREU

Luiz Fernando Abreu, mais conhecido nas ruas como Tiu (~), paulistano, da Vila Mariana, com mais de 20 anos de história e influência no Rap Nacional, ele já liderou bandas como Tiro Seco, Side Show Bob, Loco Sapiens e Anticaos, sempre com a função de MC.

Tiu (~) também exerce a função de jornalista, inclusive, com matérias e reportagens no site/blog da XXL, importante meio de comunicação do segmento. Como testemunha ocular da história do Rap em São Paulo e, mais ainda como um articulador dessa história por diversos ângulos, em 2012, Tiu (~) está paramentado em seu primeiro trabalho solo que invoca uma sonoridade plural passeando pelo rap, ragga, dub, dubstep e até drum’n bass. Com ar provocador e irônico, Tiu soma as rimas pesadas a temas como Rua, Mulheres, Crime, Vida e Balada.

Agora é esperar para ver o que o MC e Jornalista vai registrar durante suas zanzadas pela cidade! Vai com tudo Tiu(~)!!!

FECHAR JANELA
FECHAR JANELA
Luisa Micheletti LUISA MICHELETTI

Luisa Micheletti é atriz, apresentadora de TV e gosta de escrever. Tem sol na casa 8 e lua em sagitário. Nasceu em São Paulo, mas passou pela Nova Zelândia e gosta mais de Florença do que de Paris. Acha de verdade que Deus mora na Bahia e gostaria de aprender a cozinhar um dia.

Tem 2 gatos siameses e um baixo fender 1975. Morre de medo de mariposa, fantasma e tsunami. Se irrita com o trânsito e tenta meditar sem se distrair. Ama os arcanos maiores do tarô, os mitos gregos e o Woody Allen.

Ultimamente descobriu a farinha de linhaça dourada e a Carmen Miranda. Virou fã de ambos. Estuda astrologia, não vive sem a praia e seus amigos (de preferência juntos) e tenta muito encontrar canais para expressar o seu melhor.

FECHAR JANELA
FECHAR JANELA
Rafael Grampá Meu nome é Rafael Grampá. Sou autor de histórias em quadrinhos. Já trabalhei como diretor de arte de animação, motion graphics e design gráfico em produtoras de vídeo, redes de TV e estúdios de animação. Minha primeira publicação como autor de HQs foi uma história de quatro páginas na antologia de Western BANG BANG, publicada no Brasil pela editora Devir, em 2005. Fiz, com Becky Cloonan, Fábio Moon, Gabriel Bá e Vasilis Lolos, a HQ independente “5″. Ganhamos o EISNER AWARDS 2008 por essa publicação, prêmio considerado o Oscar das HQs internacionais, até então um prêmio inédito para o Brasil. Também em 2008, lancei minha primeira publicação solo independente nos EUA, a graphic novel MESMO DELIVERY, publicada no Brasil pela editora Desiderata. Em 2010, a DARK HORSE COMICS republicou MESMO DELIVERY nos EUA. Também em 2010, participei da antologia STRANGE TALES II, da MARVEL COMICS, com uma história autoral de WOLVERINE.

Em 2009 ganhei mais dois troféus HQ MIX, como “Melhor Desenhista Nacional” e “Melhor Edição Especial Nacional”, por MESMO DELIVERY.

Atualmente estou trabalhando no meu próximo projeto, a série em seis capítulos FURRY WATER and The Sons Of The Insurrection, que será publicada nos EUA pela editora DARK HORSE COMICS.

Ir para o blog do Rafa » FECHAR JANELA
FECHAR JANELA
Helena Helena Sasseron nasceu e cresceu em São Paulo e tem uma relação de amor e ódio com tal cidade que tanto a inspira. É planejamento da agência Carme e dj residente da festa Decadance, no Alberta#3. Ama música, cores, cinema, arte e pessoas felizes. Mixtapes são um prazer, faz uma por semana, e você pode ouvi-las no mixcloud.com/helenasasseron

FECHAR JANELA
FECHAR JANELA
Helena HUGO FRASA
Artista plástico e músico, integra o Grupo de Artistas das galerias Phosphorus e Gramatura e trabalha como produtor audio-visual, compondo trilhas para TV, moda e publicidade. Assina o .O.F.A.C., projeto no qual produz músicas através de sons que se retroalimentam.

Hugo foi integrante de duas bandas com Dora Longo Bahia - Maradonna e Vera Fischer -, e com elas apresentou-se em galerias no Brasil, França e Holanda. Apresentou-se também diversas vezes nas galerias Vermelho e Polinésia, no Centro Cultural São Paulo, na File Hipersônica, no Centro Cultural Banco do Brasil e no Paço das Artes, em São Paulo.

FECHAR JANELA
FECHAR JANELA
Helena LAURA TAYLOR - Bonde do Rolê
O Bonde do Rolê é Pedro D'Eyrot, Laura Taylor e Rodrigo Gorky. Formada em 2005 a banda chamou a atenção da imprensa nacional e internacional pela mistura de ritmos e desprendimento da linguagem, ganhando destaque na revista Rolling Stone e no The New York Times.

Fizeram turnês norte-americanas (incluindo o festival Coachella) e européias. Em 2012 lançam o álbum 'Tropicalbacanal', seu segundo disco, juntando chiclete, banana, funk carioca, punk, forró, hip-hop, calipso, surf music e... Caetano Veloso, que, sim!, participou do disco cantando parte de "Baby don't deny it", uma versão bilíngüe de "Babydoll de Nylon", parceria sua com Robertinho de Recife gravada em 1983.

O disco tem ainda participações da jamaicana Ce'Cile, do duo inglês Rizzle Kicks, dos americanos Das Racist e dos australianos do The Death Set. A produção é do próprio Gorky e do Pedro, jundo com o Diplo (produtor executivo) e mais o dinamarquês Filip Nikolic, o inglês Mumdance e o alemão Schdachthofbronx. A banda acabou de voltar de sua turnê nos EUA e começar a divulgar o disco no Brasil.

FECHAR JANELA
FECHAR JANELA
Helena Gregorio Romero Marangoni

Gregorio Romero Marangoni nasceu em Londrina onde se formou em Desenho Industrial. Foi um dos fundadores do estúdio Deveras, motivo da sua mudança para São Paulo, que aconteceu há cinco anos.

Trabalhou como ilustrador no Estúdio Colletivo, onde aprendeu muito e fez bons amigos. Fez sua primeira tatuagem em agosto de 2010 na própria perna mas só no começo deste ano resolveu abandonar a ilustração e se dedicar somente à tatuar.

Não trabalha com cores e costuma ser procurado por aplicar a técnica de pontilismo em crânios, pássaros, formas geométricas entre outras coisas. Gosta de música pesada, anda de ônibus quase todo dia, ex-praticante de karate e de mountain bike downhill.

Incríveis tattoos aqui »

Um pouquinho do seu trabalho:



FECHAR JANELA
FECHAR JANELA
jose_tibirica José Tibiriçá Martins
José Tibiriçá Martins, o Tibira, é muito conhecido pela sua história na noite paulistana, com sociedade nos bares Carniceria, Volt e Caos, além do extinto Vegas, um dos responsáveis pelo triunfante retorno do Baixo Augusta para o roteiro da noite paulistana.

O início disso tudo foi sua história como comerciante de peças antigas nas feirinhas do Bexiga e da Benedito Calixto, que o acabou levando a abrir a loja Sixties, que muitas noites abria para festas de amigos. Hoje suas peças escolhidas minunciosamente podem ser encontradas (e alugadas ou compradas) na loja e bar Caos, que é também o cenário de um programa da History Channel Brasil, que leva o seu nome, e é apresentado pelo próprio Tibira, que é um clássico!

A estréia do CAOS será no dia 25 de setembro às 23h! saber mais »

FECHAR JANELA
FECHAR JANELA
facundo_guerra Facundo Guerra
Aos 38 anos, Facundo Guerra é considerado um dos mais dinâmicos empreendedores da noite paulistana na atualidade.

São dele o agora extinto Vegas Club, além do Lions Nightclub, Z Carniceria, Volt, Cine Joia e Club Yacht. Guerra, nascido na Argentina e naturalizado brasileiro, é engenheiro de alimentos de formação e mestre e doutor em Ciências Políticas pela PUC-SP.

É apontado como um dos grandes responsáveis pelo renascimento do chamado Baixo Augusta e tem mais dois projetos no pente para os anos de 2012 e 2013.

FECHAR JANELA
FECHAR JANELA
facundo_guerra Renan Dissenha Fagundes
Renan Dissenha Fagundes é editor-assistente e escreve sobre bares, balada e música no Divirta-se, que circula às sextas-feiras no Estadão. Na internet e na vida atende também por renanrenan. Há quatro anos em São Paulo, recentemente se deu conta de que esta é a cidade em que ficou por mais tempo desde que começou a morar sozinho – e que ainda não chegou nem perto de cansar.

Foi residente da festa 'Bang', no Vegas, com o duo Undog, e arrisca umas gravações no Soundcloud (/renanrenan). Em 2008 publicou um livro de poesia, 'Fluido Fotográfico', pela editora 7Letras, e em 2011 brincou de reescrever Vinícius de Moraes (sonetoseditados.tumblr.com). De vez em quando posta poemas no blog beboptango.blogspot.com.

FECHAR JANELA
FECHAR JANELA
Felipe Rodrigues Felipe Rodrigues Ferreira
Felipe Rodrigues Ferreira é uma pessoa de personalidade tranquila e alegre, sempre com um sorriso estampado no rosto. Humanista, aficcionado por viagens- tanto no mundo das idéias, como no mundo dos homens - e estudante de Administração de Empresas.

Apesar de ter nascido em Goiânia, passou a maior parte da sua vida em Brasília. Desde muito jovem sabia que queria viver experiência diferentes e ver o mundo. Estimulado pelos seus pais, viaja por quase todos os estados do Brasil antes dos 14 anos, aos seus 15 anos vai morar sozinho na Nova Zelândia, voltando para o Brasil um ano depois para terminar o Ensino Médio. Com 18 anos sai de casa para estudar Administração de Empresas na FGV e aprender um pouco mais sobre a arte do teatro em São Paulo - cidade à qual diz ter uma relação de amor e ódio.

Aos 21 anos decide que gostaria de aprender mais sobre outras realidades, tranca a faculdade, sai do teatro e vai fazer trabalhos voluntários pela América do Sul. Vive quatro meses na Bolívia dando aulas de xadrez para crianças carentes e trabalhando com recursos humanos em uma ONG, passa dois meses viajando pelo Peru e pelo Chile, conciliando visitas a vilas locais, trilhas e escaladas com diversos trabalhos independentes: desde consultorias para empresas até atuar como guia e recepcionista.

Volta ao Brasil em 2012. Mudado com a experiência, decide terminar seus estudos focando mais nos seres humanos e em suas diferentes realidades. Agora vai Zanzar por São Paulo mostrando sua visão da selva de concreto.

FECHAR JANELA
FECHAR JANELA
dia_reservado

Dia reservado para colaboradores independentes. Gostou do projeto? Vamos Zanzar juntos!

Marque o Projeto Zanzar (tipo: #projetozanzar) em trabalhos que tenham a mesma proposta que a nossa e nesses dias selecionaremos os melhores e publicaremos nas mídias sociais do projeto! Pode enviar qualquer coisa, desde fotos e vídeos, até textos, músicas e poemas! Estamos ansiosos para ver o que vocês compartilharão com a gente.

FECHAR JANELA
FECHAR JANELA
karen_cunha

Karen cunha é conselheira sentimental, reclamadora profissional, orientadora de escolha de melhor assento de avião, aspirante a pole dancer, além de diretora artística na Secretaria Municipal de Cultura e responsável pela programação do Centro Cultural da Juventude, Mês da Cultura Independente e outros projetos.

Ama/odeia São Paulo e sonha em escrever o "Guia Paulistano Para o Mundo" para ajudar as pessoas a entenderem que somente um paulistano de raiz* é capaz de dizer que "PRE-CI-SA" ir embora de SP e que "J-A-M-A-I-S" vai embora de SP na mesma frase sem achar isso incoerente.

Adora guarda-chuvas, drinks enormes e descobrir lugares novos. Perde muitos vôos, milhas, celulares e fones de ouvido, mas sempre mantém o mesmo copo até o final da festa.

*Lembrando que um paulistano de raiz pode ter nascido em qualquer lugar do mundo.

FECHAR JANELA
FECHAR JANELA
dj_thomas

DJ Thomash é o codinome para Thomas Haferlach, nascido na Alemanha, se formou em inteligência artificial na Escócia, mas deixou a vida acadêmica e se mudou para São Paulo, onde vive há três anos. Essa mudança não foi planejada, aconteceu por acaso durante uma viagem pela América Latina. Antes de se mudar para o Brasil, Thomash não trabalhava como DJ nem com nada relacionado a som e festas. Ele começou a discotecar no bar do Neto (rua augusta), logo depois iniciou o projeto/festa vooodoohop, no Centro de São Paulo. Atualmente Thomas é integrante do coletivo de arte e tecnologia codigo11 que tem feito diversas apresentações audiovisuais incorporando “live and DJ audio”, com “3D projection mappings” e “spraypainting” virtual em cima da arquitetura urbana.

THOMAS HAFERLACH (DJ THOMASH) vem desenvolvendo um trabalho como DJ e produtor musical a partir de diferentes referências musicais, misturando disco, swing, afro, techno e new wave, manipulando-os de um jeito totalmente especial e próprio: uma recombinação de sons, criando remixes e mashups a partir de diferentes referências musicais. Fora das festas e projeções ele desenvolve jogos interativos e interfaces experimentais para museus, feiras e lojas comercias.

FECHAR JANELA
FECHAR JANELA
Augusto Mariotti

Augusto Mariotti tem 30 anos de idade, originário de Jacutinga, uma pequena cidade de Mina Gerais. Desde que se mudou para São Paulo em 2000 para estudar na Universidade Mackenzie - desde sua chegada já trabalhava com moda. Trabalhou na Luminosidade, empresa que organiza a São Paulo Fashion Week (uma das fashions weeks mais influentes no mundo) como diretor de conteúdo. Mais tarde trabalhou também na FFW.com.br

Além da moda, a sua outra grande paixão é a música. Organiza as trilhas sonoras para desfiles de moda e é DJ em algumas baladas como Milo, Bar Secret, Alberta e também em festas dos eventos de moda Burberry, Forum e SPFW.

FECHAR JANELA
FECHAR JANELA
Paola Giavina

Paola Giavina Bianchi

Paola Giavina-Bianchi é designer gráfica especializada em revistas. Morou na Itália e, na volta, aperfeiçoou a técnica, os traços e o espírito trabalhando com o arquiteto Rafic Farah. Foi diretora de arte da Revista Tpm e indicada quatro vezes ao prêmio Esso, que venceu em 2005.

Fez trabalhos para a Homem Vogue, Revista Mit, Bobstore, Charlô, criou logos e marcas, e mora em São Paulo. Gosta de escrever e, mais ainda, de não mostrar para ninguém as coisas que escreve. Acredita que a realidade é mais estranha que a ficção, em longos cafés-da-manhã, em comer um ovo por dia, em certas divindades, na beleza da imperfeição humana, e, acima de tudo, em Joseph Campbell. FECHAR JANELA
FECHAR JANELA
Ana Bean

Ana Bean

Ana 'Bean' formou-se em Direito e em Letras. Acabou virando jornalista, professora, tradutora e blogueira [ trashitup.blogspot.com ], tudo ao mesmo tempo. Quase tudo o que faz envolve música. Há seis anos é o contraponto feminino do blog Popload [popload.com.br], que agora cresceu e agrega o festival Popload Gig. Ela também faz parte da Beltrano Musical, empresa de conteúdo e publicidade voltada para música. FECHAR JANELA
FECHAR JANELA
Pablo Saborido

Pablo Saborido

Pablo Saborido é fotografo os 365 dias do ano e uma vez por mês é dono de restaurante. Para descobrir mais sobre seu trabalho entre no: www.pablosaborido.com FECHAR JANELA
FECHAR JANELA
peixoto_mota

Peixoto da Mota

Mota saiu de Santana do Acarau, no Ceara e chegou em SP no dia 11-10-83. Dezessete anos depois arrumou uma vaga como porteiro num prédio bem grande do centro da cidade, desde o 16 de novembro de 2000 ele vê todos os dias o movimento de um dos maiores centros residencias do mundo: o Copan! Conhece todos os moradores e tem mais histórias para contar que a quantidade de apartamentos que tem no Edificio! FECHAR JANELA
FECHAR JANELA
Paula_Reboredo

Paula Reboredo

Paula Reboredo é tão apaixonada por brechó que resolveu abrir o B.Luxo com seu marido (Gil França) em 2007. Ama gatos, música, viajar, doces, flores, dançar e tocar na festa que faz a cada 2 mese no Bar Secreto chamada Freakstyle. FECHAR JANELA
FECHAR JANELA
margo

Margo

Magro de ruindade, gosto de camisas e fotos. Tá, e daí? Mas o que talvez me diferencie um pouco: a paixão. Sou apaixonado por brechós e pela vida noturna. Por sair tanto por ai, meu gosto por fotografar surgiu. As pessoas, roupas, ruas e as situações despertaram em mim uma necessidade de congelar momentos! E é através da fotografia que eu vou conhecendo mais pessoas que me apresentam ainda mais novidades para fotografar. Um chorão profissional de filmes bobos. Na verdade eu sou só um cara comum, mas que vive tentando manter tudo de bom que vê guardado dentro de uma câmera. FECHAR JANELA
FECHAR JANELA
francielle_zequim

Francielle Zequim

Francielle é uma sagitariana ao extremo, que ama cozinhar para os amigos e prefere ser chamada de Fran. Nutricionista especialista em modelos, trabalha na agência Way de SP, é paranaense e ama o que faz! Além disso é a representante de um estilista - seu namorado há 12 anos - que, apesar de morar em Paris há 4 anos, é paranaense igual a Fran. Ele irá lançar sua primeira coleção no começo do ano que vem - já dá pra gente ter uma idéia do que vem por aí olhando as fotos dos protótipos da coleção no albúm do Zanzar!

Para saber um pouco mais sobre o trabalho da Fran, confira a reportagem "A nutricionista das tops" da Época. http://colunas.revistaepoca.globo.com/brunoastuto/2012/09/27/a-nutricionista-das-tops/ FECHAR JANELA
FECHAR JANELA
last_waltz_setember

Zanzar

Infelizmente a primeira rodada do Zanzar chegou ao fim. Muito obrigado a todos que apoiaram e acompanharam o projeto, tanto diretamente, quanto indiretamente, foi uma experiência incrível. Mas não vamos ficar só por aqui, preparem-se porque a segunda edição do projeto já está já está no forno e virá cheia de novidades! FECHAR JANELA